O uso do balão intragástrico (BIG) por um ano

balãointragastrico

O uso do balão intragástrico (BIG) por um ano

Quando falamos em obesidade, é sempre bom avaliar que nenhum procedimento cirúrgico será eficiente para perda de peso, se você não estiver realmente motivado a mudar seus hábitos de vida, ou seja, junto com a cirurgia bariátrica (redução de estômago) ou a implantação do balão intragástrico (BIG), você precisa se preparar para mudar seus hábitos alimentares e passar a praticar exercícios físicos com regularidade.
Mas, falando no uso do balão intragástrico por um ano, ele é indicado para quem está com o índice de massa corpórea (IMC) acima de 30 e tem dificuldade para perder peso.
Implantado, o balão intragástrico ocupará boa parte do estômago e garantirá uma perda média de 10 a 15% do peso total de quem o recebeu.

O balão intragástrico de um ano funciona da mesma forma que o BIG de seis meses, mas passado o primeiro semestre de uso, precisa ser readaptado, porque nesse período nosso estômago e nosso organismo também se adapta ao balão.

Acompanhamento multidisciplinar

Como falamos no início, o balão intragástrico sozinho não teria efeito satisfatório, por isso, a necessidade de se ter um acompanhamento multidisciplinar, ou seja, além do cirurgião, você precisará de atendimento com psicólogo, nutricionista e fisioterapeuta.

Esse grupo de profissionais vai ajudá-lo a se reeducar, ou seja, a adotar uma alimentação mais equilibrada e rica em nutrientes necessários para o corpo, a comer nos horários e quantidade certa e a realizar exercícios físicos regularmente.

Juntas essas medidas vão garantir o sucesso da implantação do balão intragástrico que pode leva-lo a uma perda média de 15% do peso total.

É importante salientar, que mesmo com a retirada do balão após um ano, você vai conseguir manter a perda de peso ou ainda estabilizar seu peso, caso siga todas as orientações do cirurgião bariatrico, do nutricionista, do psicologo e do fisioterapeuta.

Os comentários estão encerrados.

Send this to friend